Inscrições abertas para a terceira edição do Prêmio ACM de Jornalismo – Confira regulamento

17 de junho de 2022 Visualizada 182 vez(es).

Com o tema ‘Justiça para Todos – O acesso à justiça em todas as suas vertentes’, concurso receberá matérias produzidas a partir de 2020

A Associação Cearense de Magistrados está com inscrições abertas para a terceira edição do Prêmio ACM de Jornalismo. O prêmio tem como objetivo dar visibilidade ao trabalho da magistratura cearense e, para esta edição, o tema escolhido foi: “Justiça para todos: o acesso à justiça em todas as suas vertentes”. A realização do concurso retornou após dois anos de agravamento da pandemia, por isso, a organização abriu a possibilidade de inscrever matérias veiculadas desde 2020. “A pandemia foi um desafio marcante para todos e, no judiciário, não foi diferente. Em paralelo, os jornalistas também tiveram um papel importantíssimo para tornar pública essa atuação. Por isso, aumentamos o período para data de matérias veiculadas”, afirma o presidente da ACM, juiz Daniel Carvalho Carneiro.

O prêmio será disputado em quatro categorias: imprensa escrita, rádio, televisão e fotojornalismo. O concurso irá premiar os melhores trabalhos em primeiro, segundo e terceiro lugar, em cada uma das categorias. A cerimônia de entrega será realizada em dezembro, em data que será divulgada futuramente pela associação.

De acordo com a organização, o tema foi escolhido no sentido de apresentar os magistrados e magistradas como figuras que ajudam ampliar à justiça, em vários âmbitos, como:
· Meios de acesso: soluções que facilitem o acesso à justiça pelo público geral por meio de tecnologias, comunicação e gestão do judiciário;
· Acessibilidade: soluções que contribuam para a inclusão de pessoas com deficiência no acesso aos dispositivos jurídicos;
· Inclusão e diversidade: ações que fortaleçam a participação e o acesso de pessoas de diferentes gêneros e origens;
· Questões sanitárias: ações que levem em consideração o acesso à justiça em meio às questões sanitárias como a covid-19, arboviroses, doenças raras e outros;
· Interiorização: ações que abordem o acesso pleno ao judiciário no interior do estado.

Para o presidente Daniel Carneiro, a decisão sobre o tema não poderia ser mais urgente: “a pandemia trouxe um aumento no uso dos meios digitais de comunicação. O judiciário cearense passou também por um forte processo de digitalização nos últimos anos, porém, essa modernização precisa estar acompanhada com a realidade das pessoas. Logo, a ampliação do acesso pleno à justiça se dá de muitas maneiras e nossos juízes e juízas trabalham diuturnamente para que isso aconteça”, avalia.

Para a diretora de Comunicação da ACM, Juíza Ricci Lobo de Figueiredo, o prêmio é uma forma reforçar o bom trabalho da magistratura: “O Prêmio ACM de jornalismo é importante para nós juízes. Por intermédio dele, podemos estimular que os trabalhos jornalísticos retratem com fidelidade as ações positivas realizadas e vivenciadas pela Justiça, e na Justiça. A iniciativa, garante à população o direito à informação, no sentido de conhecer o judiciário, já que a atividade judicante tem como regra ser discreta. O concurso e os trabalhos produzidos aproximam a sociedade e a Justiça. Desejamos sorte aos participantes!”, diz a magistrada.

As inscrições seguem até o dia 31 de outubro e devem ser realizadas pelo endereço:
https://acmag.org.br/inscricao-premio-acm-de-jornalismo/  .

Para mais detalhes, confira o regulamento abaixo:
Regulamento – Prêmio ACM de Jornalismo 2022

 

Associação Cearense de Magistrados
Av. César Cals, 1331 – Praia do Futuro
Fortaleza – CE – Cep: 60182-035
Tel/Fax: (85) 3264-8288
[email protected]