Artigo

Corporativismo – artigo do desembargador aposentado Byron Frota

22 de agosto de 2017 Visualizada 126 vez(es).

Os artigos publicados no site da Associação Cearense de Magistrados (ACM) são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista da entidade.

O físico e doutorado em Economia, Samuel Pessoa, em primoroso artigo na Folha de São Paulo (23.07.17), analisa ações de corporações que, sob o pretexto de defender o interesse social, querem resguardar os de suas respectivas categorias. Cita várias categorias, como o Judiciário, a Defensoria, a OAB e outras. Ressalta a ação da Fiesp, que pugna pela manutenção da contribuição compulsória de 2,5% sobre a folha de salários, financiadora de parcela da atividade do Sistema S, “em razão dos retornos sociais das atividades empreendidas por essas instituições”.

Diz não haver, no caso, preocupação com o custo e benefício, bastando haver algum benefício, rematando que: “ajuste fiscal bom é ajuste fiscal sobre os outros”, objetivo das entidades classistas. Refere-se a reações fortíssimas dos funcionários do BNDES e das associações empresariais contrárias à criação da Taxa de Longo Prazo (TLP), pois a criação “retira do banco o poder de emprestar com subsídios, sem que estes tenham sido avaliados e aprovados pelo Congresso Nacional”, concluindo: “a retórica das corporações é travestir o seu interesse particular no interesse da sociedade”.

Indaga que, se pretendemos a redução da carga tributária, como manter todos os gastos corporativos? Interroga como pode a Fiesp colocar um pato em frente de seu prédio e, simultaneamente, ser contra o fim do percentual da contribuição compulsória ao Sistema S e, também, contrária à criação da TLP? É desalentador constatar a falta de compromisso de todos para com o interesse público genuíno, não pairando dúvida sobre a predominância do individual ou do corporativo sobre o proveito coletivo.

Byron Frota
Magistrado

Fonte: Diário do Nordeste

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br