De Revezamento

Participação da ACM na 18ª Maratona Pão de Açúcar exalta esportividade

14 de julho de 2019 Visualizada 204 vez(es).

Ao todo, 37 associados e dependentes correram percursos que variaram de 3 km (caminhada individual) a 21,1 km (maratona em dupla) pelas ruas da Praia do Futuro

Trinta e sete competidores estiveram nas ruas da Praia do Futuro, na manhã deste domingo (14), representando a Associação Cearense de Magistrados (ACM) na 18ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento.

A largada aconteceu na Praça Dom Hélder, na Praia do Futuro, às 6h30. Esse foi o maior número de representantes da ACM na história do evento. Além do tradicional circuito de 42.195 metros que caracterizam o esporte, na edição deste ano a disputa também esteve aberta para atletas que desejassem fazer um percurso de 3 km. No revezamento da maratona propriamente dita, a ACM inscreveu equipes para os três formatos: dupla, quarteto e octeto.

Segundo o diretor de esportes da ACM, Roberto Bulcão, “o novo trajeto da prova foi um motivador adicional. A participação de juízes e seus familiares foi muito expressiva e essa é uma excelente oportunidade que eles interajam com outras pessoas, aproximando-se mais da sociedade. Avalio ainda que foi muito positiva também a parceria que fizemos com uma assessoria esportiva”.

A iniciativa é realizada anualmente pela entidade como incentivo à prática esportiva, visando colaborar com a qualidade de vida dos magistrados. A ACM recepcionou os atletas em um estande exclusivo, próximo ao local da largada, com direito a café da manhã e serviço de massagem para auxiliar a atividade muscular.

A competição

Dois competidores correram 21.100 metros cada (meia-maratona); outros três percorreram a distância de 10.550 metros cada; e um total de 24 atletas correram 5.275 metros cada, divididos em três octetos (um masculino, um misto e um feminino). Na caminhada individual, a associação teve 8 representantes.

A conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE), Soraia Victor, foi a primeira associada na história da ACM a correr a meia-maratona. Na realidade, aliás, ela correu 3 km a mais que o previsto inicialmente, pois está se preparando para correr maratonas e ultramaratonas em breve.

“Eu acho extremamente importante que a Associação Cearense dos Magistrados promova a participação nesse tipo de evento, até porque ele reúne pessoas com um objetivo em comum e as tira do sedentarismo, que é algo absolutamente importante, sobretudo, nos dias atuais. Nós, associados, todos trabalhamos com processos, sentados o dia inteiro e é necessário que a gente se movimente”, ressaltou a conselheira.

Um dos primeiros a completar o trajeto a que se propôs, o juiz Luís Gustavo Montezuma Herbster, lotado na 2ª Vara da Comarca de Boa Viagem, “é sempre um prazer estar junto com os colegas e nessa oportunidade eu ainda pude fazer o meu melhor tempo desde que comecei a correr essa prova. Estou muito satisfeito”. Já a juíza Marleide Maciel Mendes, da 3ª Vara de Família, “é um momento de alegria ímpar, em que essa integração se dá de uma forma saudável, festiva e esportiva. E eu tenho participado da prova desde que ela se iniciou”.

O juiz Neuter Dantas, lotado na Comarca de Caucaia, destacou o que considerou ter sido “uma organização perfeita e um percurso ótimo, ajudado também pelo clima”, referindo-se à chuva que caiu no início da prova. Por fim, o juiz auxiliar da presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), Daniel Carvalho Carneiro, “essa é uma forma de interligar os colegas e formar um ambiente de grupo. A corrida foi muito boa, sem o Sol forte”.

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br