ASSOCIATIVISMO

ACM integrará mobilização nacional contra projetos que enfraquecem a atividade jurisdicional

1 de fevereiro de 2018 Visualizada 57 vez(es).

Nesta quinta-feira, 1° de fevereiro, o presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM), Ricardo Alexandre Costa, participará do ato de protesto dos magistrados e procuradores, em Brasília. A mobilização nacional é uma iniciativa da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (FRENTAS).

O objetivo é protestar contra projetos que enfraquecem a atividade jurisdicional, como a Reforma da Previdência, a Lei do Abuso de Autoridade e a criminalização das violações às prerrogativas dos advogados.

No ato, magistrados e membros do MP entregarão carta aberta para a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, com cerca de 18 mil assinaturas de membros das duas carreiras, relatando as preocupações das instituições.

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br