NOTA

ACM faz esclarecimentos acerca de notícia sobre associado

27 de junho de 2016 Visualizada 369 vez(es).

ACM_nota_publicaA Associação Cearense de Magistrados (ACM) vem fazer esclarecimentos acerca de notícia publicada, recentemente, na imprensa sobre a atuação profissional do juiz associado Eduardo Gibson Martins. O comentário do presidente da ACM contido na matéria foi colhido em entrevista que tratou da produtividade dos magistrados em termos genéricos e não se referia, em absoluto, ao caso específico do magistrado, ao contrário do que o texto deixou transparecer.

Ressalta-se que o mencionado juiz possui 18 anos de carreira na magistratura, sem ter recebido nenhuma punição funcional e demonstrando atenção com o aperfeiçoamento profissional.

A ACM defende que seja assegurado ao magistrado o direito à ampla defesa e ao contraditório, garantido indistintamente a todos os cidadãos. Com esse intuito, a entidade disponibilizou ao associado suporte de assessoria jurídica. É sempre pleno o apoio da ACM a todo associado que se ver necessitando de assistência relativa a aspectos funcionais.

Ao mesmo tempo, a associação demonstra respeito aos órgãos responsáveis por zelar pelo adequado funcionamento dos serviços de justiça. Assim, teremos uma magistratura cada vez mais fortalecida e reconhecida em seus valores de vocação por fazer justiça, imparcialidade nas decisões judiciais e dedicação a garantir os direitos e a paz social.

Fortaleza, 27 de junho de 2016

Juiz Antônio Alves de Araújo
Presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM)

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br