NOTA PÚBLICA

ACM emite nota de repúdio a atentado contra juíza de São Paulo

31 de março de 2016 Visualizada 617 vez(es).

ACM_nota_publicaA Associação Cearense de Magistrados (ACM) manifesta solidariedade à juíza da Vara de Violência Doméstica de São Paulo, Tatiane Moreira Lima, e externa repúdio ao ato de violência que a magistrada sofreu nesta quarta-feira, 30 de março, quando, enquanto trabalhava, foi ameaçada de morte por um homem.

O ocorrido expõe, mais uma vez, a situação de insegurança dos magistrados no exercício de suas funções e dos edifícios do Poder Judiciário, o que estende a situação de vulnerabilidade aos funcionários e cidadãos que transitam nesses locais. Realidade, infelizmente, generalizada no País e constatada também em nosso Estado.

É necessário que as autoridades competentes garantam segurança aos magistrados, atores vitais na promoção da justiça. Resguardar a vidas desses profissionais significa salvaguardar a efetivação dos direitos e o próprio Estado Democrático de Direito. Por isso, a indispensável e urgente implantação de uma eficaz política nacional de segurança aos magistrados.

A ACM reitera o apoio à referida juíza e o compromisso de defender enfaticamente as vidas dos juízes e dos jurisdicionados, de modo que inexistam quaisquer ameaças aos serviços de Justiça.

Fortaleza, 30 de março de 2016

Antônio Alves de Araújo
Presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM)

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br