Posicionamento da ACM sobre realização de audiências por videoconferência no Ceará

16 de janeiro de 2019 Visualizada 81 vez(es).

A Associação Cearense de Magistrados (ACM) apoia o uso da tecnologia e de recursos tecnológicos, em especial a realização de audiências por meio de videoconferência, como importante ferramenta na busca por uma maior celeridade judicial.

Com os recentes fechamentos de cadeias no Interior do Estado e transferência de presos para unidades penitenciárias em municípios da Grande Fortaleza, esse expediente será não apenas importante, mas essencial para preservar a normalidade do andamento de processos relativos a essas pessoas, bem como agilizar outras ações.

A ACM ressalta, contudo, que para o magistrado fazer uso desses aparatos tecnológicos, faz-se necessária a implantação dos adequados equipamentos em todos os fóruns e presídios, bem como o devido treinamento do pessoal lotado em tais unidades.

Os magistrados do Ceará confiam que o Tribunal de Justiça e a Secretaria de Administração Penitenciária, assim como os demais órgãos dos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, estão adotando todas as providências, com a urgência que o caso requer, para tornar essa potencialidade tecnológica em um recurso rotineiro.

Associação Cearense de Magistrados
Av. Santos Dumont, 2626 - Ed. Plaza Tower - Aldeota
Salas 1307 a 1311 - Cep: 60150-161
Tel/Fax: (85) 3264-8288
acmag@acmag.org.br